11 Dicas Para Escolher as Alianças do Casamento

0
168




11 Dicas Para Escolher as Alianças do Casamento

Todo o preparativo para o casamento requer muito tempo dos noivos, para o grande dia investe-se tempo, pensando na decoração, no lugar ideal, no vestido perfeito, no melhor terno, e outras coisas que parecem que não terão fim, mas tem um item que é muito valioso para o casal, a aliança de casamento, afinal ela é símbolo dessa história de amor, o marco do matrimonio. Considerando esse objeto de grande valor, selecionamos 11 dicas para escolher as alianças do casamento.




1. Diminuir as suas opções

Uma vez que esta é uma das poucas, se não a única joia que você vai comprar nesse momento e usar todos os dias, é inteligente fazer algumas escolhas antes mesmo de chegar às lojas. Você quer que sua aliança a seja do mesmo metal que o seu anel de noivado?
Será que seu noivo quer que com o metal combine com o relógio?
Você está interessado em algo simples, chique ou original?
Gostaria que suas alianças tenham diamantes ou pedras preciosas?
Você quer que a sua alianças seja parecidas com a de seu esposo?
Exercite-se este tipo de perguntas com antecedência para que você possa se concentrar em exatamente o que você está procurando antes de começar a fazer compras.

Resultado de imagem para colocando aliança

2. Considere comprar seu anel junto com seu noivo

Se você preferir ser surpreendida por o anel de noivado, ou você já tem em seu dedo, isso pode não funcionar, mas saber quais serão as alianças de noivado pode ajudá-la a tomar uma decisão. Por exemplo, um anel de noivado exclusivo (como um diamante em forma de pêra) chama para uma aliança simples, sem complicações, enquanto um solitário clássico vai muito bem com o brilho adicional de uma aliança cravejada de diamante. Se você está pensando em usar a sua aliança de noivado e de casamento juntas, procure uma aliança de contorno ou sombra projetada para interligar com o anel de noivado. Se você está pensando em usar seu anel de casamento sozinho, você pode querer um estilo mais intrincado que ficará muito bem com ou sem o seu anel de noivado. Fale com o seu joalheiro sobre encontrar uma aliança que combine com seu anel (alguns podem até criar os dois ao mesmo tempo).



3. Inicie sua procura antecipada

Uma vez que você tem uma ideia básica do que você quer, é tempo para a parte divertida: Experimentar os anéis! Tente fazer isso pelo menos dois a três meses antes da data do casamento. Você vai precisar deste tempo para navegar, pesquisar preços e revisitar anéis que chamam a sua atenção. Se você tem seu coração ajustado em um anel personalizado, você provavelmente vai precisar de ainda mais tempo. E lembre-se: Detalhes extras, como gravação, pode levar até um mês.

4. Hora de bater perna

Não se preocupe se você gosta de platina e seu parceiro gosta de ouro amarelo. Não há nenhuma regra que diz que você tem que escolher o mesmo metal ou mesmo estilo. Você pode escolher alianças trançadas que misturam os dois metais ou apenas ser totalmente diferente, a chave para encontrar algo que vocês realmente gostem é escolher algo que reflita seus estilos individuais. Mas o que você decidir deve corresponder e fazer-se sentir como um verdadeiro par.  Seja algum aspecto dos anéis ou uma simples inscrição nos dois.



5. Defina um Orçamento

Pra começar, não se preocupe com o que as outras pessoas gastam em seus anéis de noivado.  Passe o valor que você pode e que é razoavelmente acessível.

Além disso, o valor de seu relacionamento não pode ser medido por quanto você gasta em um anel de noivado. Existe até uma pesquisa nos EUA indicando que quanto mais uma pessoa gasta em um anel de noivado ou casamento, mais curto o casamento será. Deus nos livre!!

Adicionando enfeites, como diamantes ou gravura, irá adicionar também o custo, prepare seu orçamento se pretende personalizar seus anéis com qualquer um destes extras. O preço da gravação geralmente é com base no número de caracteres, a fonte usada e se ela está gravada será feito à mão ou à máquina. O ideal é pesquisar e pechinchar, nada de comprar no primeiro lugar que entrar.

6. Coloque seu estilo de vida em primeiro lugar

Qual é o motivo de comprar um belo par de alianças caro, se o marido se sente desconfortável ou se você tem que removê-lo várias vezes (e aumentar suas chances de perdê-lo)? Lembre-se: Você vai usar esse anel  todos os dias, de modo que o objetivo é escolher algo que facilmente se torna uma parte de você. Se você pratica esportes ou um instrumento, procure um anel mais fino, com bordas arredondadas (apropriadamente chamado de “conforto fit”). Se você trabalhar com as mãos, procurar um anel de metal simples, sólida e evitar pedras preciosas que podem se soltar ou detalhes, que pode grudar sujeira. Se você é super-ativo, prefira a platina, o que é extremamente durável (quando raspadas, o metal é meramente deslocadas e não desgasta).

Imagem relacionada

7. Gaste tempo experimentando

Você pode amar a ideia de um trançado anel de ouro rosa ou a eternidade do diamante, mas uma vez que você chegar à loja, tente alguns anéis que não estão em seu quadro de inspiração. Bate-papo com o joalheiro, em seguida, deixe-o fazer sugestões com base no que você gosta e não descarte nada. A mesma dica dou para os vestidos de noiva, você pode amar algo que você nunca pensou que seria capaz. Como você considera estilos diferentes, não se esqueça de pensar no conforto demasiado, alguns anéis pode parecer muito bonitos, mas quando você coloca no dedo eles não se ajustam tão bem. Talvez os diamantes te deem um desconforto nos outros dedos de uma maneira que você não suporte. Use-o por alguns minutos dentro da loja  e, enquanto isso, tente escrever as mensagens de texto que serão gravadas, faça sempre esse “teste de conforto”.

8. Pense a longo prazo

Enquanto você não deve ter medo de estar na moda, certifique-se o estilo que você escolher é algo que você vai querer usar para, digamos, nos próximos 40 anos. Este anel é feito para durar muitos anos e frequentar todos os postos de trabalho, reuniões e funções sociais, a partir de agora, por isso escolha um que você ama e que você pode imaginar-se usando por um longo tempo e em qualquer situação. Só não se estresse muito: Você não é casada com o anel e pode sempre atualizar, mais tarde, para marcar um aniversário especial.



9. A limpeza

Para manter sua aliança de casamento com pedras limpo, você vai precisar mergulhá-lo em água morna com sabão, em seguida, delicadamente escovar com uma escova macia ou escova de sobrancelha (demasiada pressão pode soltar as pedras), lave e seque com um pano macio e sem fiapos. Se você optou por um anel de ouro ou platina, simplesmente esfregue-o com um pano macio que não solte fiapos, você pode usar pasta de lustrar carros também, sua aliança ficará com um brilho de chamar atenção.

10.O Tamanho 

MÉTODO 1 – Medir em um anel que você já tem:
Coloque o seu anel sobre o outro e certifique-se que o interior do anel se encaixa em torno do exterior do círculo.

MÉTODO 2 – Medir o dedo com um cordão não elástico

Verifique se o seu dedo está a uma temperatura normal do corpo – dedos pode encolher ou expandir a frio ou quente. Se sua junta é muito maior do que a base do seu dedo, tome duas medidas separadas e escolha um tamanho no meio. Você quer um anel que passe na sua junta, mas não fique muito solto na base, senão ele vai ficar balançando e você pode até perder.



11. A Qualidade

Isso se aplica a todos os anéis, e não apenas as suas alianças de casamento. Verifique se o anel tem duas marcas dentro: marca registrada do fabricante e a marca de qualidade, 24K ou PLAT, por exemplo isto prova que a qualidade do metal é o que o varejista diz que é. Se o anel é composto por dois ou mais metais, certifique-se há uma marca de qualidade para cada um.

Inspirações

www.aliancasdecasamento.net.br
www.theknot.com
www.brilliantearth.com
www.livelikeyouarerich.com
www.blingjewelry.com




RECOMENDADO PARA VOCÊ



DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe um comentário
Seu nome aqui