Início Preparativos Orçamento COMO ECONOMIZAR PRA CASAR EM TEMPOS DE CRISE?

COMO ECONOMIZAR PRA CASAR EM TEMPOS DE CRISE?

0
2125



COMO ECONOMIZAR PRA CASAR EM TEMPOS DE CRISE?

O amor não conhece barreiras e não se intimida diante da crise. Prova disso é que os casais continuam sonhando com o casório, mesmo frente à situação econômica desfavorável que o país enfrenta. Diante desse quadro, nós reunimos 13 dicas sobre como economizar pra casar em tempos de crise. Olha que essas dicas são de ouro, hein? Experiência de quem respira casamento 24/24h! Rsrs!

1. PÉ DE MEIA

Você e seu noivo devem se organizar e economizar uma porcentagem da renda de cada um (10 a 20%). Façam um “fundo” para o casamento. O famoso “pé de meia” nunca foi tão importante. Peça ajuda a um consultor financeiro para saber como investir suas economias e gerir esse dinheiro guardado.



2. PLANEJE COM ANTECEDÊNCIA

Pesquise, compare orçamentos. Dê preferência a fornecedores locais e pequenos fornecedores. Tente negociar descontos para pagamentos à vista, ou tente parcelar em várias vezes.  Mas, atenção! Desconfie de preços muito discrepantes. Cuidado! Pois o barato pode sair muito caro!

3. MENOS CONVIDADOS

Convide quem te quer bem e quem você ama. Não convide por constrangimento social (Exemplo: “Vai ficar chato não convidar a fulana…”). Com menos convidados, você economiza, principalmente, no buffet, que é contado por cabeça. A gente ensinou Como Fazer Lista de Convidados, nesse outro post. Corre lá para tirar suas dúvidas. ?

Atenção: não quer dizer que mini wedding seja, necessariamente, mais em conta. Porque há custos fixos iguais, tanto para um mini wedding quanto para um casamentão, dentre eles: fotografia, filmagem, vestido, make… E há mini weddings em que a noiva “pira” e quer trufas negras no cardápio, tulipas e uma profusão de cristais Swarovski. Aí, amiga, o casamento é mini no tamanho, mas não no valor. Rsrs!



4. DÊ OPORTUNIDADE A PROFISSIONAIS INICIANTES

Você também pode dar uma chance a profissionais iniciantes, que estão tentando montar um portfólio. Escolha aqueles com quem você se identifica, que têm uma formação (ou seja não são apenas “curiosos”) e, principalmente, façam um contrato. Aliás, essa dica vale para a contratação de qualquer profissional.

5. CERIMONIALISTA ALIADA

Há quem pense que dá logo pra cortar a cerimonialista. Mas, o importante é você encontrar alguém que te ajude a manter os pés no chão e a se ater ao seu orçamento. Ela pode te ajudar a encontrar os fornecedores ideais que se encaixem no seu perfil (e no seu bolso). Eu não economizaria aí, o máximo que posso fazer é te indicar um planner.

6. ENCONTRE UM LUGAR MAIS “PRONTO”

O ideal é encontrar um lugar que já tenha uma decoração bacana (ou pelo menos, mais clean). Se você tiver que modificar o lugar inteiro, forrar paredes, revestir o piso, ou incrementar demais o ambiente, tem dúvidas de que isso vai pesar pra caramba no orçamento final? Casar ao ar livre também é lindo. Mas, fique atenta a custos extras, como toldo, iluminação… A gente fica tão apaixonada pelo local que esquece de pensar neles…

7. LOCAIS DIFERENTES

Você pode fazer um casamento pequeno no salão de festas do seu condomínio, no quintal de casa (Epa! Só fique atenta a custos extras de logística! Sua casa pode não ter estrutura para comportar uma festa de maior porte.). E por que não considerar aquele bistrô charmoso, ou aquele café que vocês frequentam? Há quem se aventure também para fazer casamentos em áreas públicas, como a Lagoa, no Rio. Um piquenique para um casamento de dia pode ser bem bacana também.

Imagem relacionada



8. BUFFETS ALTERNATIVOS

Casamento estilo boteco, ou rodízio de crepes podem ser alternativas. Outras opções são brunchs e chás da tarde, com mesa de pães, frios, frutas. Mas, o importante é que esses cardápios que fogem ao tradicional precisam se encaixar com o estilo dos noivos e à proposta e ao horário da festa. Uma festa mais informal permite essas opções alternativas. Já, para quem sonha com um casamento clássico, uma boa alternativa é o buffet de pequenas porções, ou finger food. Talvez seja uma boa ideia abrir mão de um jantar formal.




9. DIY

Faça você mesma (com suas madrinhas, noivo e família) detalhes charmosos para a decoração, lembrancinhas e até mesmo a identidade visual do seu casamento. Aqui no blog e lá la Fanpage, você encontra um monte de projetinhos DIY, super charmosos e econômicos. Claro que as noivas mais prendadas e corajosas podem até se aventurar a fazer a decoração inteira do próprio casamento. Mas, eu não ficaria responsável pela montagem no dia, de jeito nenhum! Noiva tem que descansar no dia e relaxar, enquanto se arruma e fica diva para dizer o tão sonhado SIM. Se você tiver um time de amigas próximas que se habilitem para te ajudar a montar a decoração do seu casamento, que ótimo! Se for um mini wedding, um casamento com uma pegada mais informal, pode rolar. Mas, pelo amor do que você acredita! Não cometa a besteira de estar cansada e estressada no dia mais importante da sua vida.

Eu dou dicas de como levantar uma grana nessa postagem.



10. ECONOMIZE NOS DETALHES

Camisas personalizadas para as madrinhas no chá, vários tipos de lembrancinhas… Quando você vê, já está cheia de custos extras. Reflita sobre o que realmente é essencial. E aqui eu quero levantar uma bandeira: Pra quê se sentir obrigada a distribuir rasteirinhas na festa?? Eu super acho que essa modinha é bem legal para os famosos que tem fornecedores que patrocinam suas ostentações. Mas nesse momento de crise eu acho que você tranquilamente pode evitar esse custo! Lembre que as pessoas vão deixar num canto ou no máximo ficar pisando na sua cara. Então seja sustentável e informe as pessoas que não haverá a distribuição e os convidados podem ficar à vontade para levar suas próprias rasteirinhas. 😉




11. USE FLORES DA ESTAÇÃO

Talvez você tenha que abrir mão das tão sonhadas peônias ou tulipas negras na decoração. Por outro lado, não pense que usar “só” chuva de prata vai fazer seu casório sair baratinho. Se prepare para o custo das flores, porque é caro, mesmo. Mas, para te dar uma esperança, há formas de economizar nas flores… Rsrs! Arranjos com mais folhagens e outras plantas menos “nobres”, como avenca, samambaia, suculentas são tendências e podem sair mais em conta.

Resultado de imagem para suculentas decoração casamento




12. MÚSICA

Fica mais barato contratar um DJ, do que uma banda; fato. Bateria de escola de samba só pra fechar a festa, então? Um luxo a ser repensado.

13. COMUNIDADES E CLASSIFICADOS DE NOIVAS

Você pode encontrar o seu sapato dos sonhos ou uma grinalda usada, mas em excelente estado, por um preço bem mais acessível. Pesquise em comunidades de noivas e grupos de desapego. Compartilhar está em alta.

Resultado de imagem para Desapego de noivas

Você viu só? Há muitas formas de se organizar para ter um casamento mais econômico. O importante é não adiar o sonho de vocês de formarem uma família. ?

Você tem outras dicas para compartilhar? Conte para gente! Ah, e não esquece de compartilhar esse post com suas amigas noivas!
Via: brides.inspireblog




RECOMENDADO PARA VOCÊ



DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe um comentário
Seu nome aqui

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Share via